|  |  |  |
 
 
Poetas do Mundo - Suiça - Robert Walser (1879 - 1956)  
 Biografia

Robert Walser nasceu em Biel, na Suiça, em 1878. Depois de abandonar a escola, aos 14 anos, trabalhou como empregado de escritorio ao mesmo tempo que escrevia poesia. Em 1898 foi viver com o imão mais velho, em Berlim. Levou uma vida errante e precária. Publicou o primeiro livro em 1904, As composições de Fritz Kocher.  Escreveu obras magníficas como Os irmãos Tanner (1907),  O Ajudante (1908),  Jakob von Gunten (1909). Em 1909 regressou a Biel mas foi acometido de uma depressão profunda e de crises alucinatórias recorrentes. Durante esse período escreveu  livros de prosas curtas como O passeio e outras histórias (1917), Vida de poeta (1918)  e  A rosa (1925). Escreveu os seus últimos livros a lápis numa letra cada vez mais miúda-  microgramas, dificílimos de decifrar. O Salteador, escrito em 1925-26, só viria a ser decifrado e publicado em 1972. Em 1933, Robert Walser foi internado numa clínica para doentes psiquiátricos em Herisau, onde passou o resto da vida. Dava longos passeios a pé e não voltou a  escrever uma única linha. "I am not here to write, but to be mad" disse Walser.

Morreu sozinho, durante um passeio,  no dia de natal de 1956.  A sua obra, que inclui ainda poemas, ensaios e crónicas, foi admirada por escritores como Robert Musil, Walter Benjamin e Franz Kafka. A sua tradução e divulgação foi tardia. Em Portugal (um século depois) foram publicados 5 livros: Branca de neve, A Bela Adormecida e A Gata Borralheira, &etc, 2000, O passeio e outras histórias; Granito Editores e Livreiros, 2001,  O Salteador, Relógio D’Água, 2003; A Rosa, Relógio D’Água, 2004; Jakob Von Gunten- Um diário, Relógio D’Água, 2005 e O Ajudante, Relógio D'Água, 2006.

 

Ler mais:

 

The Genius of Robert Walser / ny books / epdlb / os alunos do instituto Benjamenta / microgramas1, 2 , 3 e 4 / francopolis / dias felizes/ The fiction of Robert Walser

 


 
design by netsigma 
Site Meter