|  |  |  |
 
 
Poetas do Mundo - Portugal - Ana Hatherly (1929  
 
 O Vermelho Por Dentro

 

Estão envolvidos em corpos negros vermelhos por

dentro. Estão num barco sobre o mar e o mar é

negro. É de noite. O céu está negro e sobre a

água negra tudo é vermelho por dentro.

 

Os corpos eram negros

sobre o mar a água era de noite

não se via o vermelho por dentro

os corpos não se viam

eram barcos com os ventres todos negros

e as línguas eram de águas muito rentes

A sangue não sabia

não se via o vermelho por dentro

o céu a água envolvia

tudo envolvia nos vermelhos dentros

e os mares todas as noites estavam negros

negros por dentro

E a água volvia pelo céu tão negra

e à noite por dentro do mar todo vermelho

a noite era vermelha

e os barcos negros por dentro

E nos corpos a água negra era vermelha por dentro

e eles estavam envolvidos

e

 

 

em Rosa do Mundo- 2001 Poemas para o Futuro, Assírio & Alvim , 2001


 
design by netsigma 
Site Meter